15 anos ajudando empresas portuguesas
a escolherem o melhor software

Arquitetura de três esquemas

A arquitetura de três esquemas, desenvolvida na década de 1970, é uma estrutura para gerenciar o acesso aos dados em um sistema de gestão de banco de dados (DBMS na sigla em inglês). Consiste em três camadas ou esquemas: a visão conceitual ou de administração dos dados; a visão externa ou de programação; e a visão interna ou de administração do banco de dados. O princípio da arquitetura de três esquemas se baseia em um esquema conceitual (um mapa utilizado para representar graficamente a estrutura das informações em um banco de dados), que é formado por regras de negócios extraídas de um modelo semântico de dados (um método de estruturação de dados para apresentá-los de maneira lógica). O esquema conceitual torna os programas e as estruturas de dados mais independentes.

O que as pequenas e médias empresas precisam saber sobre Arquitetura de três esquemas

A arquitetura de três esquemas permite que cada pessoa em uma pequena ou média empresa acesse o mesmo banco de dados e obtenha uma visão personalizada diferente desses dados. Tal arquitetura também possibilita que um administrador de TI modifique a estrutura do banco de dados sem afetar os demais usuários no sistema.

Termos relacionados