15 anos ajudando empresas portuguesas
a escolherem o melhor software

Integração da internet das coisas

A internet das coisas (IoT na sigla em inglês) refere-se a todos os dispositivos inter-relacionados que funcionam via internet. Esses dispositivos podem coletar e transferir dados por uma rede sem fio de forma independente. A finalidade da integração da IoT é fazer com que dados e aplicativos projetados de forma independente funcionem bem em conjunto.

O que as pequenas e médias empresas precisam saber sobre Integração da internet das coisas

A IoT inclui dispositivos como automóveis inteligentes, dispositivos médicos, painéis solares etc., capazes de coletar informações importantes e distribuí-las de modo independente. Por exemplo, a maioria dos carros atuais alerta os motoristas sobre níveis de combustível, pressão dos pneus, superaquecimento etc. Dispositivos médicos podem alertar os pacientes sobre a elevação da pressão sanguínea ou uma frequência cardíaca irregular. Até mesmo as máquinas de lavar são capazes de detectar o peso de uma carga e ajustar o nível de água sem intervenção humana. As empresas precisam dominar essa tecnologia e trabalhar na integração desses dispositivos que são produzidos por diferentes fabricantes. Por exemplo, a infraestrutura de aquecimento e resfriamento em um edifício pode ser controlada por diversos itens inteligentes bem integrados, incluindo sensores.

Termos relacionados