15 anos ajudando empresas portuguesas
a escolherem o melhor software

Hype Cycle

Criado pelo Gartner, o Hype Cycle refere-se a um padrão comum de cinco etapas sobre como surgem as inovações tecnológicas: – Disparador de inovação: a nova tecnologia gera interesse e empolgação, mesmo sem um produto de consumo funcional. – Pico de expectativas infladas: depois de mais publicidade, algumas empresas contam suas histórias de sucesso usando a tecnologia. – Baixa de desilusão: o interesse na tecnologia diminui quando ela não cumpre o que a propaganda diz. – Trajetória de esclarecimento: a tecnologia vê um interesse renovado à medida que se torna mais amplamente compreendida, com o lançamento de produtos de segunda e terceira geração. – Ápice de produtividade: ocorre o uso em massa da tecnologia.

O que as pequenas e médias empresas precisam saber sobre Hype Cycle

Pequenas e médias empresas nem sempre podem se dar ao luxo de fazer um investimento ruim em tecnologia. As PMEs precisam estar cientes dos altos e baixos da tecnologia Hype Cycle para evitar serem pegas no frenesi, separando a publicidade excessiva do verdadeiro potencial da tecnologia.